Pular para o conteúdo principal

Páginas

E, enorme, nesta massa irregular ... Poema de Cesário Verde

E, enorme, nesta massa irregular
De prédios sepulcrais, com dimensões de montes,
A Dor humana busca os amplos horizontes,
E tem marés de fel como um sinistro mar!

Comentários