Pular para o conteúdo principal

Páginas

Da alma e de quanto tiver ... Luís de Camões

Da alma e de quanto tiver
Quero que me despojeis,
contanto que me deixeis
Os olhos para vos ver.

Comentários